Coração de Sião

Coração de Sião - Julho de 2019

| Imprimir | PDF 

2019 - ANO DO JUBILEU DA COMUNIDADE SIÃO - 25 ANOS

“O amor à Virgem Mãe de Deus”

Com o mês de julho entramos no segundo semestre de 2019, neste mês, tempo comum, muitas memórias são celebradas, porém a que nos chama a atenção é a de Nossa Senhora do Carmo, celebrada no dia 16 de julho.

A história da Igreja nos apresenta uma linda página marcada pelos homens de Deus, mas também pela dor, fervor e amor à Virgem Mãe de Deus.

Carmelo (em hebraico, “carmo” significa vinha; e “elo” significa senhor; portanto, “Vinha do Senhor”): este nome nos aponta para a famosa montanha na Palestina, donde o profeta Elias e o sucessor Elizeu fizeram história com Deus e com Nossa Senhora, que foi prefigurada por primeiro numa pequena nuvem (cf. 1 Rs 18,20-45).

Estes profetas foram “participantes” da Obra Carmelita, que só vingou devido à intervenção de Nossa Senhora, pois a parte dos monges do Carmelo que sobreviveram (século XII) da perseguição dos muçulmanos, chegaram fugidos na Europa e elegeram São Simão Stock como seu superior geral; este, por sua vez, estava no dia 16 de julho intercedendo com o Terço, quando Nossa Senhora apareceu com um escapulário na mão e disse-lhe: “Recebe, meu filho, este escapulário da tua Ordem, que será o penhor do privilégio que eu alcancei para ti e para todos os filhos do Carmo. Todo o que morrer com este escapulário será preservado do fogo eterno”.

A tradição nos conta que São Simão Stock recorria à Maria sem cessar, com muito fervor, pedindo-lhe que manifestasse sua proteção aos carmelitas e que não deixasse morrer a Ordem que nascera para honrá-la e imitá-la. Sua oração chegou ao coração materno de Nossa Senhora...

Vários Papas promoveram o uso do escapulário e Pio XII chegou a escrever: “Devemos colocar em primeiro lugar a devoção do escapulário de Nossa Senhora do Carmo – e ainda – escapulário não é ‘carta-branca’ para pecar; é uma ‘lembrança’ para viver de maneira cristã, e assim, alcançar a graça duma boa morte”.

Hoje, em nossos dias, vemos que muitas pessoas sem o conhecimento necessário, usam o escapulário, sem a devida devoção, que nos deve levar a imitação, obediência e submissão à Nossa Senhora. Quando o utilizamos como um adorno, como um amuleto, a promessa de Nossa Senhora não se realizará.

Vejamos, pois que Nossa Senhora, ao dar o escapulário para São Simão Stock, quis simbolizar a proteção que exerceria sobre todos os membros da Ordem. Os carmelitas, de sua parte, também viram no uso do escapulário uma maneira externa de manifestar a razão principal de suas vidas: revestirem-se das virtudes de Maria.

É este o fundamento da devoção ao escapulário: pedir a proteção de Maria, empenhando-se em imitar sua vida, procurando praticar as mesmas virtudes que ela praticou. 

FONTE - https://santo.cancaonova.com/santo/nossa-senhora-do-carmo/ - https://padrepauloricardo.org/blog/o-escapulario-de-nossa-senhora-do-carmo 


INTENÇÕES DO MÊS

Todos os meses nos colocamos diante do Senhor, com toda a Igreja, para interceder, rezando pelas intenções do Santo Padre, o Papa Francisco: Neste mês de junho o Santo Padre pede pela evangelização dos sacerdotes, para que, com a sobriedade e humildade da sua vida, se empenhem numa solidariedade ativa para com os mais pobres.

E ainda neste mês que celebramos do Sagrado Coração e Imaculado Coração de Maria, rezemos pedindo a intercessão de Nossa Senhora e São Miguel para que protejam a Igreja de seu inimigo, o diabo, que busca a divisão.

Sejamos constantes, perseveremos, pois nos diz o Senhor: “pedi e se vos dará. Buscai e achareis. Batei e vos será aberto. Porque todo aquele que pede recebe”. (cf. Mt 7, 7-8)

Coloquemos ainda nas nossas intenções os cristãos, perseguidos e martirizados, em todo o mundo.

Por nosso Brasil, que tudo esteja sob a ação da justiça Divina.

E ainda que todos os cristãos se voltem para o Senhor e sejam testemunhas, como filhos de Nossa Senhora e obedientes a ela, busquem a unidade e a paz.

Sagrado Coração de Jesus, nós esperamos e confiamos em Vós! 

 


REZEMOS

Entreguemos nossas intenções, a intercessão de Nossa Senhora do Carmo, rezando:

Pai de bondade, o teu Filho Jesus foi vítima de uma tremenda injustiça, no desejo de morte que os seus adversários tinham para com Ele. Hoje, tantos irmãos e irmãs nossos são vítimas da injustiça, de falsos julgamentos. Tantos procuram ser favorecidos por causa do seu poder e influência. Senhor, converte o nosso coração à verdade e a uma vida íntegra, à semelhança de Jesus. Pedimos-te que o teu Espírito Santo seja o guia de todos os que administram a justiça, para que esta seja um reflexo da tua verdade no mundo.

Jesus manso e humilde de coração, fazei nosso coração semelhante ao Vosso.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

Fonte - https://redemundialdeoracaodopapa.pt/rezar-com-o-papa/intencoes/2019/7

Compartilhar

Coração de Sião - Junho de 2019

| Imprimir | PDF 

2019 - ANO DO JUBILEU DA COMUNIDADE SIÃO - 25 ANOS

“Sagrados corações, nós confiamos em vós!” 

Chegamos ao final do primeiro semestre de 2019, neste mês dedicado aos Sagrados Corações de Jesus e de Maria.

Ao contemplarmos o Sagrado Coração de Jesus, lembramos do amor, e devemos nos perguntar: há no mundo algum outro coração que amou mais do que o Coração de Jesus? O Amor verdadeiro, só pode ser encontrado no Coração Sagrado de Jesus. Todos os dias devemos desejar e pedir que Cristo nos conceda a graça de termos os nossos corações semelhantes ao dele, pois o Seu Coração é a fonte desse Amor, rio, oceano de misericórdia, no qual somos mergulhados.

São João nos diz: "Filhinhos meus, isto vos escrevo para que não pequeis. Mas, se alguém pecar, temos um intercessor junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo. Ele é a expiação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. Eis como sabemos que o conhecemos: se guardamos os seus mandamentos. Aquele que diz conhecê-lo e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso e a verdade não está nele. Aquele, porém, que guarda a sua palavra, nele o amor de Deus é verdadeiramente perfeito. É assim que conhecemos se estamos nele: aquele que afirma permanecer nele deve também viver como ele viveu". (1 Jo 2, 1-6)

Mas para que o Amor de Jesus seja constante em nossa vida, em nosso viver: “É preciso que o amor de Deus seja tão grande que chegue a extinguir por completo o nosso amor próprio”. (Santa Elisabeth da Trindade)

Celebramos solenemente o Sagrado Coração de Jesus na segunda sexta-feira de junho, após a solenidade de Corpus Christi. No dia seguinte celebramos o Imaculado Coração de Maria. Impossível falar do Filho, sem falar da Mãe, não podemos celebrar o coração do Filho e não celebrar o coração da Mãe.

As duas celebrações estão ligadas mostrando-nos a proximidade dos dois corações: o mistério do coração de Jesus se projeta e se reflete no coração da Mãe, que é também companheira e discípula missionária. Se a solenidade do Sagrado Coração de Jesus celebra os mistérios pelos quais fomos salvos, fazer memória do Coração Imaculado é celebrar a participação da mãe na obra salvífica do Filho.

Esta devoção ao Imaculado Coração de Maria difundiu-se bastante após as aparições em Fátima, onde ela pedia oração e jejum para que a guerra terminasse.

Durante o mês de junho, ao lembrarmos e celebrarmos o Sagrado Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria que possamos aprender deles o amor, a paciência e a graça de saber perdoar. Pois foi Ele mesmo que nos mandou amar uns aos outros como Ele amou. 

FONTE - https://misericordia.org.br/?evento=junho-mes-do-sagrado-coracao-de-jesus-e-de-maria



INTENÇÕES DO MÊS

Todos os meses nos colocamos diante do Senhor, com toda a Igreja, para interceder, rezando pelas intenções do Santo Padre, o Papa Francisco:

       Neste mês de junho o Santo Padre pede pela evangelização dos sacerdotes, para que, com a sobriedade e humildade da sua vida, se empenhem numa solidariedade ativa para com os mais pobres.

E ainda neste mês que celebramos do Sagrado Coração e Imaculado Coração de Maria, rezemos pedindo a intercessão de Nossa Senhora e São Miguel para que protejam a Igreja de seu inimigo, o diabo, que busca a divisão. Sejamos constantes, perseveremos, pois nos diz o Senhor: “pedi e se vos dará. Buscai e achareis. Batei e vos será aberto. Porque todo aquele que pede recebe”. (cf. Mt 7, 7-8)

Coloquemos ainda nas nossas intenções os cristãos, perseguidos e martirizados, em todo o mundo.

Por nosso Brasil, que tudo esteja sob a ação da justiça Divina.

E ainda que todos os cristãos se voltem para o Senhor e sejam testemunhas, como filhos de Nossa Senhora e obedientes a ela, busquem a unidade e a paz.

Sagrado Coração de Jesus, nós esperamos e confiamos em Vós! 


REZEMOS

Rezemos e consagremos as intenções apresentadas para este mês de junho aos Corações de Jesus e de Maria:

Sacratíssimos Corações de Jesus e de Maria, a Vós consagramos todas as famílias. Consagramos a Vós nosso próprio ser, toda nossa vida, tudo o que somos, tudo o que temos e tudo o que amamos. A Vós damos nossos corações e nossas almas, a Vós dedicamos nosso lar e nosso país, conscientes de que, através desta Consagração nós, agora, prometemo-Vos viver cristãmente praticando as virtudes da nossa religião, sem nos envergonharmos de testemunhar a fé. Ó Sacratíssimos Corações de Jesus e de Maria, aceitai esta humilde oferta de entrega de cada um de nós, através deste ato de Consagração. Nossa esperança é colocada em vós, com a certeza de que jamais seremos confundidos.

Sacratíssimo Coração de Jesus, tende misericórdia de nós. .

Jesus manso e humilde de coração, fazei nosso coração semelhante ao Vosso.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória. 

Fonte - http://www.paroquias.org/oracoes/?o=24

Compartilhar

Coração de Sião - Maio de 2019

| Imprimir | PDF 

2019 - ANO DO JUBILEU DA COMUNIDADE SIÃO - 25 ANOS

“Foi o Amor” 

Chegamos neste ano ao seu quinto mês, dedicado a Maria, neste tempo especial da Páscoa, no qual caminharemos durante cinquenta dias até a festa de Pentecostes.

Vamos olhar e refletir através da vida de santos, que por amor, foram obedientes a Palavra de Jesus, O seguiram deixando tudo para viver, pregar e testemunhar o Evangelho.

Então, neste tempo especial da Páscoa, vejamos a vida de Santa Gemma Galgani, mística toda ardente pelo amor de Jesus. Este amor a permitiu viver uma autentica paixão. De suas "cartas" se entende todo o seu imenso amor por Cristo, amor que raramente se pode encontrar na mesma intensidade em outros Santos. Um dia, em um de seus momentos de meditação e dialogo com Jesus, lhe perguntou: “Quem te matou?”, pergunta Santa Gemma. E Jesus responde: “O amor!” (II 82).

É este Amor incondicional, tão forte, que por ele Jesus morreu, revelado a Santa Gemma, que vai no transcorrer do tempo pascal, de forma mais intensa, mais também em todos os momentos de nossa existência nos alimentar, pois é através dele que podemos superar todas as nossas fragilidades, nossas misérias, e assim o Senhor, através do seu Amor irá restaurar o nosso viver.

Ainda temos “Santa Teresa do Menino Jesus, que morreu aos 24 anos. Com a idade de 15 anos, superando muitas dificuldades, conseguiu entrar num convento carmelita. Viveu o “caminho” da confiança total no amor do Senhor, propondo-se alimentar, com a sua oração, o fogo do amor que move a Igreja. (cf. Christus Vivit - 57)

Através de sua Palavra o Senhor “leva-nos a descobrir que o seu amor não é triste, mas pura alegria que se renova quando nos deixamos amar por Ele: “O Senhor, teu Deus, está no meio de ti como poderoso salvador! Ele exulta de alegria por tua causa, pelo seu amor te renovará. Ele dança e grita de alegria por tua causa”. (Sf 3, 17) (Christus Vivit 111)

A partir disso, vemos que o Filho de Deus, pelo amor, se fez solidário com os homens pecadores, a fim de tornar os homens solidários com a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte. São Paulo explana enfaticamente esse jogo da história da salvação: fala do primeiro Adão, que foi também até a morte, mas Jesus por obediência e amor; Ele assim quis resgatar o caminho da morte, santificando-o e furando finalmente a morte pela sua ressurreição (cf. Rm 5,12-19).

Finalmente precisamos concluir, lembrando que a Virgem Santíssima, por obediência e amor, disse sim ao anúncio do Arcanjo Gabriel, e por força do Espírito Santo que é Amor, concebeu Jesus Cristo!  


INTENÇÕES DO MÊS

Unidos ao Santo Padre o Papa Francisco e a toda a Igreja, continuamos intercedendo e rezando por suas intenções:

Neste mês de maio o Santo Padre pede pela evangelização: para que, através do empenho dos próprios membros, a Igreja na África seja fermento de unidade entre os povos, sinal de esperança para este continente.

E ainda neste mês mariano rezemos pedindo a intercessão de Nossa Senhora e São Miguel para que protejam a Igreja de seu inimigo, o diabo, que busca a divisão. Perseveremos, sejamos constantes, pois nos diz o Senhor: “pedi e se vos dará. Buscai e achareis. Batei e vos será aberto. Porque todo aquele que pede recebe. (cf. Mt 7, 7-8)

Lembremos ainda dos cristão, que são perseguidos e martirizados, por todo o mundo.

Pelo nosso Brasil, para que tudo esteja sob a ação da justiça Divina.

E que os cristãos, voltem-se para o Senhor e o testemunhem, reconhecendo-se filhos de Nossa Senhora e obedientes a ela, busquem a unidade e a paz.

Sagrado Coração de Jesus, nós esperamos e confiamos em Vós! 


REZEMOS

Rezemos nas intenções apresentadas para este mês de maio:

"Ó Coração Santo e Imaculado de Maria, pleno de misericórdia, tão atingido pela cegueira e profunda miséria dos muçulmanos. Vós, a Mãe de Deus feito homem, dai-lhes o conhecimento da nossa Santa Religião, a graça de a abraçar e praticar fielmente, a fim de que, pela vossa poderosa intercessão, estejamos todos reunidos na mesma fé, na mesma esperança e no mesmo amor do vosso divino Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, que foi crucificado e morreu para salvação de todos os homens, e que ressuscitou cheio de glória, e reina na unidade do Pai e do Espírito Santo, por todos os séculos dos séculos. Amém.

Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós.

Nossa Senhora de África, rogai por nós, pelos muçulmanos, pelos judeus e todos os povos.

Consoladora dos aflitos, rogai por nós.”

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

Fonte - http://speminaliumnunquam.blogspot.com/2016/09/oracao-nossa-senhora-de-africa-pela.html

Compartilhar
Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2019

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.