Coração de Sião - Dezembro de 2013

É TEMPO DE RECOMEÇAR!

Chegamos ao final de mais um ano. E novamente somos chamados a recomeçar.

O Senhor, vem ao nosso encontro, simples, humilde.

O mês de dezembro, deste ano nos trouxe o tempo do Advento. Com o Advento iniciamos mais um ano litúrgico e retomamos a nossa caminhada, pois este tempo anuncia a vinda, chegada, aparecimento, começo. Tempo de quatro semanas que antecedem ao natal (nascimento de Jesus, o Messias), a Igreja quer que revivamos a longa espera do povo de Israel pelo messias, ela se prepara para o encontro com o cristo no mistério do culto, recordando o nascimento histórico. Este encontro com o Cristo no mistério do natal, por sua vez, constitui um degrau para o grande encontro com Ele na glória.

O advento apresenta sempre a tríplice vinda de Cristo: Cristo veio, Cristo vem, Cristo virá. Realidade, celebrada e vivida no Advento. Celebrando a vinda histórica de Cristo, realiza-se sua vinda atual no mistério do culto, realizando-se assim mais uma etapa de preparação da vinda última de Cristo.

Então, nos perguntemos: o que a cena do nascimento de Jesus representa para mim?

Muitas respostas podem ser dadas, mas este tempo, pede que façamos uma séria reflexão. Repensando nossas postura, atitudes, pois tantos hoje se dizem cristãos!

Mais o que é ser cristão?

Resposta simples, mas comprometedora. É ser outro Cristo!

Como ser outro Cristo?

Jesus nos responde: “'Na verdade eu te digo: quem não nascer do alto, não pode ver o reino de Deus'. Podemos como Nicodemos perguntar-Lhe: 'Como pode nascer alguém que já é velho? Acaso pode entrar de novo no ventre da mãe e nascer?' Jesus nos responde: 'Na verdade eu te digo: quem não nascer da água e do Espírito Santo não pode entrar no reino de Deus. O que nasceu da carne é carne; o que nasceu do Espírito é espírito. Não te admires de Eu ter dito: deveis nascer do alto. O vento sopra onde quer; tu ouves o barulho, mas não sabes de onde vem nem para onde vai. Assim é todo aquele que nasceu do Espírito'. Nicodemos perguntou-lhe: 'Como pode acontecer isso?' Jesus respondeu: 'Tu és mestre em Israel (somos mestres em tantas coisas) e não compreendes estas coisas? Na verdade eu te digo: falamos do que sabemos e testemunhamos o que vimos, mas não aceitais o nosso testemunho. Se não acreditais quando vos falo de coisas terrenas, como haveis de acreditar se vos falar de coisas celestes?” (cf. Jo 3, 3-12)

A partir do que apresenta São João, é preciso entender que este tempo, nos chama a atenção para uma preparação pessoal, para recomeçarmos, renascermos da água e no Espírito.

Cuidemos, para que as influências do mundo, através do comércio, da mídia... não nos afastem das verdadeiras e eternas propostas deste tempo, apresentadas pela liturgia do Advento pela Igreja Católica Apostólica Romana. Precisamos “que todo o nosso espírito, toda a nossa alma e corpo se conservem sem mancha para a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo”. (cf. 1 Tes 5, 23).


INTENÇÕES DO MÊS

Este é o favorável para que possamos mudar o rumo de nossas vidas.

Peçamos que Senhor nos ajude, neste tempo a sermos testemunhos de conversão.

Este é um tempo de espera e esperança, que nos prepara para celebrarmos o Nascimento do Verbo de Deus. As leituras da Sagrada Escritura e os textos das orações já tratam disso. Façamos esta experiência de comunhão com o Senhor através de sua Palavra que cura, santifica e salva!

Coloquemos para o Senhor como intenção para este mês: 

Em primeiro lugar, um pedido pessoal. Que tenhamos uma profunda conversão, que nosso coração, seja uma manjedoura, lugar simples e que nele o Senhor habite, transformando todo o nosso interior e assim possamos ser sal da terra, luz no mundo, fermento na massa.

Peçamos ainda, por nossos familiares, pelos poderes públicos e todas as autoridades,

Peçamos também pela Igreja, pelas intenções do Santo Padre o Papa, por nossos bispos, pelos sacerdotes, diáconos, seminaristas, religiosos e leigos consagrados.  

E que o próximo o ano seja um ano de muita Graça!

Sagrado Coração de Jesus, eu espero e confio em Vós!       

 


REZEMOS

Rezemos:“A ti, Senhor, elevo minha alma. Em ti, meu Deus, confio: que eu não fique decepcionado, nem triunfem sobre mim os inimigos! Na verdade, não ficam decepcionados os que em ti esperam, decepcionados ficarão os que traírem a fé por uma futilidade. Indica-me, Senhor , teus caminhos! Dirige-me no caminho da verdade e me ensina, porque tu és o Deus, meu salvador, e em ti espero, todos os dias. Lembra-te, Senhor , que tua ternura e teus favores são eternos! Não recordes os pecados de minha juventude nem minhas faltas! Lembra-te de mim segundo tua misericórdia, por causa de tua bondade, Senhor! O Senhor é bom e justo; por isso mostra o caminho aos pecadores, encaminha os humildes segundo a justiça, ensina aos humildes o caminho. Todas as sendas do Senhor são amor e fidelidade para os que guardam sua aliança e suas leis. Por causa de teu nome, Senhor , perdoa minha culpa, que é grave! Há alguém que tema o Senhor? Ele lhe mostrará o caminho a escolher. Viverá na felicidade e sua posteridade possuirá a terra. O Senhor se faz íntimo dos que o temem e lhes dá a conhecer sua aliança. Alivia-me as angústia do meu coração e livrai-me das aflições! Vê minha miséria e tribulação e perdoa-me todos os pecados!  Guarda minha alma e salva-me! Que eu não fique decepcionado por ter-me refugiado em ti! A honradez e a retidão me sejam de valia, pois em ti ponho minha esperança. Ó Deus, salva Israel de todas as tribulações!” (cf. Salmo 24)

Jesus manso e humilde de coração, fazei o meu coração semelhante ao teu!

Reze: Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar

| Imprimir | PDF 

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2020

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.