Coração de Sião - Setembro de 2012

ESTA PALAVRA É DURA?

“Depois de ouvirem as palavras de Jesus, muitos de seus discípulos disseram: ‘Estas palavras são duras! Quem pode escutá-las?’ Percebendo que os discípulos estavam murmurando por causa disso, Jesus lhes disse: ‘Isto vos escandaliza? E se vísseis o Filho do homem subir para onde estava antes? O espírito é que dá a vida. A carne de nada serve. As palavras que vos tenho dito são espírito e vida. Mas entre vós há alguns que não crêem’. De fato, Jesus sabia desde o princípio quais eram os que não tinham fé e quem haveria de entregá-lo. E prosseguiu: ‘Por isso eu vos disse: ninguém pode vir a mim se isso não lhe for concedido pelo Pai’. Desde então, muitos dos discípulos se retiraram e já não o seguiam.

Jesus perguntou então aos Doze: ‘Também vós quereis ir embora?’ Simão Pedro respondeu: ‘Senhor, para quem iríamos? Tu tens palavras de vida eterna. Nós acreditamos e sabemos que tu és o Santo de Deus’”. (cf. Jo 67, 60-69)

Esta palavra é dura: quem a pode escutar?”.

Na verdade o que é duro?

A palavra do Senhor ou o coração do homem que unicamente sabe encerrar-se em si mesmo e não quer escutar? Por que não é doce para mim a Palavra do Senhor, mais que o mel na minha boca (Sl 119, 103)? Por que não gosto de conservá-la no coração (Sl 119, 9.11.57) e recordá-la de dia e de noite? Por que não é a minha lâmpada que ilumina todos os meus passos (Sl 119, 105)?

Neste mês de setembro a Igreja Católica nos chama a lermos e meditarmos com maior intensidade a Palavra de Deus que está na Bíblia. No Evangelho acima, Jesus nos diz que “as Palavras que vos tenho dito são espírito e vida”.

O homem precisa de Deus, do seu Criador. Nos dias de hoje vemos o homem com o coração endurecido, fechado a vida (a sua e a dos outros). A consequência quem sofre é o próprio homem, que se torna solitário, fechado em si mesmo, isolado, Não se inquieta, porém, de estar prestes a esgotar-se e de ser curta a vida. Mas rivaliza com os que moldam em ouro e prata, imita os que trabalham em bronze e põe sua glória em fabricar equívocos. Seu coração é cinza; sua esperança, mais vil do que a terra; vale menos que argila a sua vida. Pois não reconhece Aquele que o formou, que lhe inspirou uma alma ativa e lhe insuflou um espírito vital. Considera nossa vida um brinquedo, e a existência um mercado lucrativo. ‘Pois – diz ele – é preciso tirar proveito de tudo, até do mal’. Este, portanto, mais que todos os outros, sabe que peca ao fabricar, da matéria terrestre, vasos frágeis e estátuas”. (Sb 15, 9-13)

Você está satisfeito com sua vida? Tudo está bem?  

É fácil responder, basta saber em que posição você coloca Deus na sua vida, e como trata a sua Palavra.

Quando Jesus perguntou aos seus discípulos: “‘Também vós quereis ir embora?’ Simão Pedro respondeu: ‘Senhor, para quem iríamos? Tu tens palavras de vida eterna. Nós acreditamos e sabemos que tu és o Santo de Deus”.

 Você também acredita?


INTENÇÕES DO MÊS

Neste mês da Bíblia, que a Palavra de Deus possa ser utilizada de forma mais intensa e se torne o centro de nossas vidas e famílias.

É preciso lembrar, como disse o Beato João Paulo II ao presidente da Federação Mundial Católica para o Apostolado Bíblico: “Dando a Bíblia aos homens e mulheres, vós dais o próprio Cristo, que enche os que têm fome e sede da Palavra de Deus, que sacia os que têm fome e sede de liberdade e justiça”.

A Bíblia é o fundamento de toda a Teologia. Sem seu estudo e conhecimento é impossível conhecer o Cristo e a sua Igreja. O ser humano anseia por felicidade, por liberdade, por justiça e tantas outras coisas para sua satisfação e realização, mas ainda não tem a compreensão que para que tudo isto aconteça ele precisa de Deus. Por essas e tantas outras razões precisamos ler e buscar entender a Bíblia a luz do Magistério da Igreja que tem “‘O ofício de interpretar autenticamente a Palavra de Deus escrita ou transmitida, pois foi confiado unicamente ao Magistério vivo da Igreja, cuja autoridade se exerce em nome de Jesus Cristo’, isto é, foi confiado aos bispos em comunhão com o sucessor de Pedro, o bispo de Roma” (Catecismo da Igreja Católica nº 85).

Só assim entenderemos e conheceremos a vontade Deus para as nossas vidas.

Sagrado Coração de Jesus, eu espero e confio em Vós!  


REZEMOS 

Rezemos juntos com as Palavras da Sagrada Escritura pois, como já sabemos “Não só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus”. (Mt 4,4)

Como poderá um jovem manter conduta irrepreensível? Cumprindo tua palavra. Procuro-te de todo o coração: não deixes desviar-me dos teus mandamentos! No coração conservo tua palavra para não pecar contra ti. Bendito és tu, Senhor: ensina-me tuas prescrições! Enumero com os lábios, todas as sentenças de tua boca. Encontrei alegria no caminho de tuas leis, como no acúmulo de riquezas. Meditarei em teus preceitos e contemplarei tuas veredas. Deleito-me em tuas prescrições, não esquecerei tua palavra. Concede este favor a mim, teu servo: deixa-me viver na observância de tua palavra! Abre meus olhos para eu ver as maravilhas de tua lei. Sou um peregrino na terra: não me ocultes teus mandamentos! Minha alma se consome, sempre ansiosa de teus decretos. Advertiste os soberbos, os malditos que se desviam de teus mandamentos. Aparta de mim o insulto e o desprezo, porque tenho observado tuas leis. Ainda que os príncipes se assentem para confabular sobre mim, teu servo medita em tuas prescrições. Tuas leis são minha delícia, minhas conselheiras. Eis-me prostrado no pó: reanima-me, segundo tua palavra! Mostrei meus caminhos, e me atendeste: ensina-me tuas prescrições! Instrui-me no caminho de teus preceitos, e meditarei em tuas maravilhas. A tristeza faz-me a alma chorar: reanima-me, segundo tua palavra! Afasta-me do caminho do erro e dá-me a graça por meio de tua lei! Escolhi o caminho da fidelidade, pus diante de mim teus decretos. Apeguei-me às tuas leis: Senhor, não me decepciones! Correrei pelo caminho de teus mandamentos, quando me dilatares o coração. Mostra-me, Senhor , o caminho de tuas prescrições para que eu as guarde até o fim!” (Sl 119, 9-33) Amém!

Jesus, manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao Vosso!

1 Pai Nosso; 1 Ave Maria; 1 Glória.

Compartilhar

| Imprimir | PDF 

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2020

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.