Lectio Divina - Ano A - 2016/2017

4° Domingo do Tempo Comum - Ano A - 29 de Janeiro de 2017

| Imprimir | PDF 

TEXTO BÍBLICO: Evangelho de São Mateus 5, 1-12 

Quando Jesus viu as multidões, subiu um monte e sentou-se. Seus discípulos chegaram perto. Ele começou a ensiná-los: Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas. Felizes os que choram, Deus as consolará. Felizes as pessoas humildes, pois receberão o que Deus tem prometido. Felizes os que querem muito fazer a vontade de Deus, Ele as deixará satisfeitas. Felizes as pessoas que têm misericórdia dos outros, Deus terá misericórdia delas. Felizes os que têm o coração puro, pois verão a Deus. Felizes quem trabalha pela paz, Deus as tratará como seus filhos. Felizes as pessoas que sofrem perseguições por fazerem a vontade de Deus, pois o Reino do Céu é delas. Felizes são vocês quando os insultam, perseguem e os caluniam por serem meus seguidores, fiquem alegres e felizes, grande recompensa está guardada para vocês no céu. Foi assim que perseguiram os profetas que viveram antes. 

1. Leitura: O que diz o texto?

Indicações para leitura:

Este texto de Mateus é um dos mais conhecidos do Novo Testamento. É chamado de: O Sermão da Montanha ou O Sermão das bem-aventuranças.

Mateus situa este ensinamento de Jesus em cima de um Monte (por isso o nome Sermão do Monte ou da Montanha). Mateus busca identificar Jesus em sua relação com o Antigo Testamento. Se Moisés, o grande legislador do Antigo Testamento recebeu a Lei na montanha, assim também Jesus, que traz a perfeita lei, a dará do alto de uma montanha. Sabemos que se trata do novo estilo de viver de Jesus. Para entender melhor leiamos os capítulos: Mt 5,6 e 7.

São nove as formas apresentadas por Jesus para se alcançar a Felicidade, as Bem-aventurancas ou as Bênçãos. Jesus se refere aos pobres, aos que sofrem, aos humildes, aos que têm fome e sede de justiça, aos compassivos, aos de coração limpo, aos que trabalham pela paz, aos perseguidos por fazerem o que é justo, aos insultados e maltratados por causa do Senhor.  E termina: alegres e felizes, grande recompensa está guardada no céu para vocês.

Estas palavras são fundamento da moral cristã: nova lei que Jesus nos convida a viver. Não é fácil, porque em verdade vai contra todos os meios pelos quais nossa humanidade busca a felicidade. 

Perguntas para a leitura:

• Como normalmente chamamos este evangelho?

• Quantas são estas novas leis?

• Que semelhança entre pobres de espírito e quem confia totalmente no Senhor?

• O que promete Jesus aos que seguem esta nova Lei?

• Quem são os que devem experimentar a alegria?

• Como alcançaremos o Reino dos Céus? 

2. MEDITAÇÃO: O que me diz o texto? O que nos diz o texto?

Perguntas para a meditação:

• Deixo que Jesus imprima sua lei em minha vida? Busco cumpri-la?

• Até que ponto me sinto tocado hoje neste novo contato com o texto?

• Que significa para mim ser pobre de espírito e confiar totalmente em Deus?

• Sou humilde o suficiente para reconhecer que tudo o que necessito para viver vem de Deus e somente d'Ele?

• Minha vida é reflexo de Justiça e Paz?

• Tenho compaixão dos que sofrem e procuro de todos os modos ajudá-los, acompanhá-los, fazer com que estes mudem de vida?

• Quem me vê pode dizer que trabalho pela paz, minha presença sempre causa paz nos ambientes onde estou e que talvez estejam necessitando de paz?

• Já fui perseguido por defender a justiça no trabalho, na escola. Como me senti?

• Já vivi a experiência de ser insultado, caluniado e maltratado por ser cristão?

• Sinto a alegria que promete o Senhor todas as vezes que sou perseguido ou desanimo?      

3. ORAÇÃO:

Obrigado Senhor porque posso crer que é possível ser feliz neste mundo, sempre e quando vivo de acordo com o que me pedes;

Senhor te peço a graça de entender de coração teus mandamentos, para que assim eu possa alcançar o que tu me prometes.

Quero, Senhor, ser muito feliz. Sinto que esta felicidade não é o mundo que me dá, mas somente Tu, quando cumpro teus mandamentos.

4. CONTEMPLAÇÃO: Como interiorizo a mensagem? Como interiorizamos a mensagem?

Para interiorizar a mensagem do nosso texto de hoje devemos repeti-la muitas vezes. Seria bom decorar as nove propostas destas bem-aventuranças e guardá-las no coração.

Poderíamos ainda acrescentar uma frase que pode ser meditada durante semana:

Senhor quero ser feliz, ensina-me a ser fiel a teus mandamentos.        

 5. Ação: Com o que me comprometo? Com o que nos comprometemos?

Propostas pessoais:

• Decorar o texto das bem-aventuranças. Repeti-lo o número de vezes que for preciso até gravá-lo também no coração;

• Este texto apresenta as Obras de Misericórdia. Que façamos uma obra de misericórdia a cada dia da semana e no final da semana pequena avaliação de como nos sentimos.

Propostas comunitárias:

• Partilhar em grupo as seguintes perguntas: onde busca o mundo a felicidade? Onde, para o Evangelho, podemos encontrar a felicidade? Fazer uma tabela que mostre esta diferença, de um lado colocar o que diz o mundo e do outro lado o que diz o Evangelho;

• Colocar esta tabela num cartaz e fazer uma proposta de partilhar com outros grupos o que foi descoberto de como ser feliz ao estilo de Jesus!

 

Fonte – Diocese de Petrópolis

Compartilhar
Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2017

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.