Lectio Divina - Ano B - 2017/2018

3° Domingo da Páscoa - ANO B - 15 de abril de 2018

| Imprimir | PDF 

TEXTO BÍBLICO - Evangelho Lucas, 24, 35-48

Dois discípulos contaram o que tinha acontecido no caminho e como tinham reconhecido Jesus ao partir o pão. Ainda estavam falando quando o próprio Jesus apareceu no meio deles e disse: A paz esteja com vocês. Eles ficaram assustados e cheios de medo, pensando que estavam vendo um fantasma. Mas Jesus disse: Por que vocês estão preocupados e porque têm dúvidas em seus corações Vejam minhas mãos e meus pés: sou eu mesmo. Toquem em mim e vejam! Um fantasma não tem carne nem ossos, como estão vendo que eu tenho! E dizendo isso, Jesus mostrou-lhes as mãos e os pés. Mas eles ainda não podiam acreditar porque estavam muito alegres e surpresos. Então Jesus disse: Vocês têm aí alguma coisa para comer? Deram um pedaço de peixe assado. Ele tomou e comeu diante deles. Depois disse-lhes: são estas as coisas que falei a vocês quando ainda estava com vocês: era preciso que se cumprisse tudo o que está escrito sobre mim na lei de Moisés, nos profetas e nos salmos. Então Jesus abriu-lhes a inteligência dos discípulos para entenderem as escrituras e lhes disse: assim está escrito: O Cristo sofrerá e ressuscitará dos mortos ao terceiro dia e em seu nome serão anunciados a conversão e o perdão dos pecados a todas as nações, começando por Jerusalém. Vocês serão testemunhas de tudo isso.

Relembrando...

O trecho do evangelho de hoje fala dos dois discípulos de Emaús que voltaram a Jerusalém e se encontraram com os outros apóstolos. Contaram o encontro que tiveram com Jesus na estrada e depois em sua casa. Os apóstolos estavam na mesma sala em que Cristo realizou a Santa Ceia na 5ª feira santa. Jesus então aparece a eles e lhes deseja a paz, pois estavam cheios de medo diante de todos os acontecimentos havidos com Jesus. Eles se assustaram com a aparição de Jesus, pensavam que era um fantasma. Jesus os acalma e ainda mostra o lugar das chagas em seu corpo. Eles ainda estão em dúvida. Jesus pede algo para comer para provar que é ele mesmo vivo. E se alimenta como uma pessoa viva. Depois lembra-lhes que ele já havia falado que tudo isso iria acontecer. E diz ainda que tudo isso tinha sido previsto por Moisés, pelos profetas e salmos. E assim vai iluminando os apóstolos para poderem entender melhor as Sagradas Escrituras.

1. LEITURA

Que diz o texto?

a) Onde se encontravam os apóstolos reunidos?

b) Que pessoas vieram ter com os discípulos e que contaram?

c) Quem apareceu então e que disse aos apóstolos? Qual foi a reação deles?

d) Que foi que Jesus falou para eles? Que pediu a eles para acreditarem que era ele mesmo?

e) Que Jesus lembrou a eles para provar também o que estava acontecendo?

f) No fim o que Jesus fez para que entendessem melhor os acontecimentos?

2. MEDITAÇÃO

·        O que me diz esta passagem? O que diz a todos nós?

·        Em que ocasiões Cristo se manifesta em minha vida. Sou capaz de reconhecê-lo?

·        Posso apresentar estes momentos? Que faço então?

·        Quando falo sobre Jesus morto e ressuscitado, tenho mesmo fé no que digo?

·        Quando tenho medo da presença de Cristo? Por quê? Que fazer?

·        Tive momentos em minha vida em que senti-me tocado pela graça como se Cristo me tivesse falado?

·        Minha vida se transformou ou se transforma diante destas graças?

3. O R A Ç Ã O

Como devo orar? Como precisamos orar juntos?

Imaginemos estar na mesma situação desses discípulos... Pensando nesses acontecimentos tristes vou orar com minhas palavras diante de cada momento falado pelos discípulos: a pessoa de Jesus (quem era... o que fazia... como o povo o seguia...).

Podemos também orar assim: Jesus penso em meus momentos de tristeza e sofrimento... Minha fé esmorecia... Por minhas respostas de então, hoje, Senhor, aceito ter passado por estas situações... Creio em Ti... Tinhas um plano melhor para mim. Vou repetir muitas vezes que acredito que tu ressuscitaste e estás vivo aqui sempre acompanhando minha vida... Ajuda-me, Senhor...

4. CONTEMPLAÇÃO

Neste momento, em silêncio, que o Senhor fale a meu coração o que tem a me dizer... Quero ouvi-lo... Lembrando sempre de Jesus, sua bondade, sua misericórdia, seu amor que quis passar por tantos sofrimentos por amor a mim...

Perguntemos sinceramente a Cristo: O que queres de mim hoje? Ouvir, aceitar...

5. AÇÃO APOSTÓLICA

Propostas pessoais

·        Vou procurar pensar as muitas vezes em que Jesus caminhou comigo em minha vida e eu nem percebi? Colocar por escrito. E pensar por que foi assim?

·        Fazer o mesmo em relação a momentos em que senti de perto a presença de Cristo me corrigindo e me animando. Pôr por escrito!

Propostas comunitárias

·        Conversar em grupo sobre o que sentimos e vivemos nas duas propostas pessoais. Comentar. Ajudar para que descubramos para os outros estes momentos.

·        Tentar encaminhar para outras pessoas de grupos diferentes pastorais ou não o que aconteceu hoje aqui com esta caminhada da Lectio Divina.

 


Fonte – Diocese de Petrópolis 

Compartilhar
Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2018

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.