Lectio Divina - Ano C - 2018/2019

5° Domingo do Tempo Comum - 10 de Fevereiro de 2019

| Imprimir | PDF 

TEXTO BÍBLICO - Evangelho segundo São Lucas 5,1-11

 Estando Jesus um dia à margem do lago de Genesaré, o povo se comprimia em redor dele para ouvir a palavra de Deus. Vendo barcas estacionadas à beira do lago, pois os pescadores haviam descido delas para consertar as redes, subiu a uma das barcas que era de Simão e pediu-lhe que a afastasse um pouco da terra. Sentado, ensinava da barca ao povo. Quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao largo, e lancem as redes para pescar. Simão respondeu-lhe: Mestre, trabalhamos a noite inteira e nada apanhamos; mas por causa de tua palavra, lançarei a rede. Feito isto, apanharam peixes em tanta quantidade, que a rede se lhes rompia. Acenaram aos companheiros, que estavam na outra barca, para que viessem ajudar. Eles vieram e encheram ambas as barcas, de modo que quase iam ao fundo. Vendo isso, Simão Pedro caiu aos pés de Jesus e exclamou: Retira-te de mim, Senhor, porque sou um homem pecador. É que tanto ele como seus companheiros estavam assombrados por causa da pesca que haviam feito.  O mesmo acontecera a Tiago e João, filhos de Zebedeu, que eram seus companheiros. Então Jesus disse a Simão: Não temas; doravante serás pescador de homens.  E atracando as barcas a terra, deixaram tudo e o seguiram.

1 – LEITURA:          

Jesus estava na Galileia, às margens do Lago de Genesaré ou Mar da Galileia. Na praia estava falando ao povo. A multidão era tão grande que resolveu subir na barca de Simão Pedro. Os pescadores estavam consertando suas redes. Afastando-se um pouco da praia, dali continuou a falar ao povo. Tendo acabado de falar disse a Pedro que levasse a barco mais adentro do lago e lançasse as redes para a pesca. Pedro disse que eles estiveram a noite inteira tentando pescar e não tinham pego nada. Mas conclui que, a pedido de Jesus, iria lançar as redes. Por sua surpresa, pegou tanto peixe que sozinhos não conseguiriam levá-los. Pediram aos outros pescadores que o ajudassem a carregar os peixes. Era tanto peixe que as barcas quase afundavam. Diante deste fato milagroso, Pedro pediu a Jesus que se afastasse dele, pois ele era um pecador. Todos os pescadores sentiam o mesmo. Jesus então respondeu a Pedro que dali para frente ele seria pescador de pessoas. Chegando à praia, aqueles pescadores deixaram tudo e foram seguir Jesus.

Indicações para a leitura:

* Em que lugar estava Jesus e o que fazia?

* Depois de falar ao povo, pediu a quem, o quê?

* Que apóstolo respondeu a Jesus sobre seu pedido?

* Que aconteceu então quando obedeceram ao pedido de Jesus?

* Que disse o apóstolo a Jesus diante do milagre?   

* Qual foi a resposta de Jesus?  O que decidiram os pescadores?

2 – MEDITAÇÃO: O que me diz o texto? O que nos diz o texto?

* Que lição aprendemos da ação de Cristo? Será que Ele nos fala só na igreja?

* Por que a multidão seguia Jesus assim em lugares tão diversos?

* O que me falta para procurar ouvir mais a Jesus?

* Como preparo minha mente, meu coração, para ouvir a Palavra de Deus?

* O que posso fazer para melhorar?

* Sinto Jesus me chamar para segui-Lo? Para fazer o quê? Que resposta dou?

* Deixo-me iluminar por Jesus para ser, cada dia, seguidor generoso?

3 – ORAÇÃO:

Jesus, te agradeço porque sempre me acompanhas onde eu for. Sinto cada dia que me falas, me convidas para algum trabalho. Teus ensinamentos me fazem entender teus planos sobre minha vida. E sempre me levas a ajudar os outros. Senhor, reconheço que nem sempre me preocupo com os outros. Ajuda-me a melhorar minhas atitudes e conduta.

Sl 24(25): A Ti, Senhor, elevo meu desejo. Em Tua presença sinto-me seguro. Não me enganei na escolha que fiz. Quem espera em Ti, Senhor, jamais se iludirá. Pensa sempre em mim com amor, Tu que és a bondade em pessoa.

4 – CONTEMPLAÇÃO: Como interiorizo a mensagem? Como interiorizamos a mensagem?

Sl 33(34) Meus lábios vivam louvando o Senhor sem parar. A bondade do Senhor realiza maravilhas por toda a parte. Temos de contar a todos o que anda fazendo nosso Deus. Seu nome é lembrado por todos como um nome abençoado e querido. É bom experimentar ser amigo de Deus. É feliz quem espera no Senhor e descansa confiante em sua palavra.

5 - AÇÃO:

Proposta pessoal: Cada dia pela manhã vou preparar meu espírito para esperar e descobrir o que o Senhor irá pedir de mim. Estarei atento para perceber com as pessoas e com os fatos o que é que Jesus me pede a fazer por elas.

Proposta comunitária: Determinar cada dia como ser mensageiro de Jesus para as pessoas com que trabalho, convivo ou encontro. Combinar em grupo isso e depois rever o que fizemos.  

Fonte – Diocese de Petrópolis

Compartilhar
Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2019

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.