Últimas Notícias

Exclusiva: Cardeal agradece ao Papa Francisco pelo “sacrifício” de ir até o Sri Lanka

| Imprimir | PDF 

Cardeal Malcom Ranjith. Foto: Alan Holdren/grupo ACI

COLOMBO, 13 Jan. 15 / 01:02 pm (ACI/EWTN Noticias).- O Cardeal Malcolm Ranjith, Arcebispo de Colombo (Sri Lanka), agradeceu ao Papa Francisco o “sacrifício” de ir até essa nação asiática, em sua segunda viagem a este continente.

Em declarações ao grupo ACI no aeroporto de Colombo, o Cardeal disse que o fato de que o Pontífice “nos visite é grandioso, e estamos muito contentes de que tenha feito este sacrifício. Sabemos que é um sacrifício para ele vir durante seu inverno para o calor do sol aqui. Estamos-lhe muito agradecidos”.

O Cardeal se referiu também à campanha eleitoral para as eleições no Sri Lanka, nas que foi eleito o novo presidente, Maithripala Sirisena: “houve uma grande pressão sobre os bispos para buscar deter o Santo Padre, para dizer que não viesse ou pospusesse sua viagem”.

O Cardeal disse ainda que ele mesmo foi afetado por esta pressão: “houve ataques pessoais também contra mim, mas seguimos adiante com isto e parece que o milagre se realizou, as eleições se desenvolveram sem contratempos e a mudança de mandato foi realizada muito pacificamente, por isso pudemos dar as boas-vindas ao Santo Padre da melhor maneira e como queríamos”.

A polêmica durante as eleições se deu porque, entre outras coisas, o e-xpresidente Mahinda Rajapaksa utilizou imagens de um encontro com o Papa Francisco para promover-se para a presidência. Conforme assinalam alguns analistas, isto desgostou a alguns setores da comunidade católica no Sri Lanka.

“Atuamos de boa fé e confiamos em Deus, porque nestes assuntos com a fé todo é possível. Assim, apesar dos ataques, seguimos adiante com a mesma valentia”, acrescentou o Cardeal.

A população congalesa, católicos ou não, saiu a recebê-lo ao longo de 28 quilômetros nos quais o Papa Francisco se deslocou em um papamóvel descoberto.

Por parte do povo do Sri Lanka, 40 elefantes provenientes dos templos budistas de Colombo, foram “enfeitados” pelas autoridades para dar as boas-vindas ao Santo Padre.

“No moderado asiático se concentra mais de dois terços da população mundial, e os cristãos aqui são uma minoria, apenas 2,6 por cento. Vivemos no meio de muitos não cristãos, de modo que caminho da fé cristã está muito influenciada por suas crenças”, ressaltou também o purpurado cingalês.

Neste contexto, disse o cardeal Ranjith, “aprendemos deles e nos enriquecemos com o que está em sua fé, enquanto que nós lhes enriquecemos com nossas crenças. É o pão de cada dia dos cristãos aqui”.

O ponto alto da viagem do Papa ao Sri Lanka será a canonização do Beato José Vaz, o primeiro santo do país, no dia 14 de janeiro em Colombo. Essa mesma tarde, o Santo Padre celebrará uma oração Mariana no Santuário de Nossa Senhora do Madhu, um lugar que foi um refúgio dos cristãos perseguidos.

O Papa Francisco deixará o país em 15 de janeiro e viajará a Manila, Filipinas aonde permanecerá até em 19 de janeiro.

 

Fonte – ACI Digital - Acompanhe os passos do Papa no Sri Lanka com nosso especial: 

http://www.acidigital.com/srilankafilipinas2015/

Etiquetas: Visita do Papa Francisco ao Sri Lanka e Filipinas, Papa Francisco,Cardeal Malcolm Ranjith

 

 

Compartilhar

Papa nomeia novo arcebispo para Curitiba e bispo auxiliar para Porto Alegre

| Imprimir | PDF 

Foto de Domínio Público / Montagem ACI Digital

 

Curitiba, 07 Jan. 15 / 10:10 am (ACI).- Nesta quarta-feira, 7 de janeiro, a Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou duas decisões do Papa Francisco: nomear Dom José Antônio Peruzzo como arcebispo de Curitiba (PR), e Padre Leomar Antônio Brustolin como bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre (RS). Dom José será transferido Diocese de Palmas-Francisco Beltrão (PR) e o sacerdote deixará a função de pároco da Catedral da Diocese de Caxias do Sul (RS).

“Dom José sabe conduzir os corações para serem discípulos de Jesus, para responderem ao Amor do Pai. A Arquidiocese de Curitiba ganhou uma grande pessoa, um grande pastor que tem uma capacidade científica, bíblica e intelectual de levar as pessoas ao segmento de Cristo e ao testemunho”, destacou o bispo auxiliar de Curitiba, Dom Rafael Biernaski, no vídeo disponibilizado pelo site da arquidiocese.

O arcebispo de Porto Alegre, Dom Jaime Spengler, em pronunciamento na Rádio Aliança, afirmou: “Padre Leomar Antônio Brustolin vem para nos ajudar na condução da Arquidiocese de Porto Alegre. Agradecemos ao Papa Francisco que atendeu nosso pedido de contar com mais um bispo em nossa arquidiocese”.

A Ordenação Episcopal do Monsenhor Leomar Brustolin está marcada para o dia 25 de março, na Catedral Santa Teresa de Caxias do Sul. A apresentação na Arquidiocese de Porto Alegre acontecerá no dia 02 de abril, Quinta-feira Santa, às 9h, na Missa dos Santos Óleos.          

Dom José Peruzzo

Dom José Antônio Peruzzo é natural de Cascavel (PR). Foi nomeado bispo de Palmas-Francisco Beltrão pelo Papa Bento XVI, em 24 de agosto de 2005. Ele tem como lema episcopal “Fazei discípulos... Ensinai”. Possui mestrado em Ciências Bíblicas pelo Pontifício Instituto Bíblico e doutorado pela Pontifícia Universidade de Santo Tomás de Aquino, em Roma. Atualmente, Dom José Peruzzo exerce a função de bispo referencial da Pastoral da Pessoa Idosa da CNBB.

Bispo nomeado

Padre Leomar Antônio Brustolin tem 47 anos, foi ordenado sacerdote no dia 20 de dezembro de 1992. É atual pároco da Catedral de Caxias do Sul. Até a sua ordenação, o presbítero passará a ser chamado de Monsenhor. O sacerdote é natural de Caxias do Sul, nasceu em 15 de agosto de 1967. Cursou Filosofia na Universidade de Caxias do Sul (UCS) e Teologia na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Possui livros publicados nas áreas da Escatologia, Mariologia, Catequese e Pastoral

Em sua trajetória sacerdotal, dedicou-se à assessoria teológico-pastoral e catequética em diversas dioceses do Brasil. No período de 2013 e 2014 participou da Comissão do Tema Central da 51ª Assembleia Geral da CNBB - “Comunidade de Comunidades, uma nova paróquia”. Padre Leomar foi vigário da Paróquia Teresa e da Catedral Diocesana de Caxias do Sul de 1992 a 2001. Desde 1993, estava como diretor do Curso de Teologia para Leigos da diocese de Caxias do Sul. Coordenou e lecionou nos cursos de pós-graduação em Ensino Religioso e Teologia Pastoral na Universidade de Caxias do Sul.

Desde 2005, atua como professor na Faculdade de Teologia (PUC-RS), onde é coordenador do Programa de Pós-graduação em Teologia.  Realiza pesquisas e ensino nas disciplinas de Antropologia Teológica, Moral Social, Pastoral Catequética e Pastoral Urbana.

 

 

Fonte - ACI Digital - Etiquetas: Papa Francisco, novos bispos

 

 

 

Compartilhar

Atentado na França: Imã exorta os muçulmanos a protestarem contra extremistas

| Imprimir | PDF 

 

Bandeira da França. Foto: Flickr Francois Schnell (CC-BY-2.0)

 

ROMA, 08 Jan. 15 / 07:23 am (ACI/EWTN Noticias).- A comunidade muçulmana deve levantar-se para expressar o seu desgosto pelo sequestro do Islã realizado pelos criminosos, indicaram dois imãs franceses depois do atentado contra o escritório do semanário satírico “Charlie Hebdo”, em Paris (França), que deixou pelo menos 12 mortos.

O ataque se realizou na manhã de 7 de janeiro, quando os imãs participavam da Audiência Geral do Papa Francisco na Sala Paulo VI do Vaticano como parte de uma visita de quatro dias, organizada pelo escritório para as relações com o Islã da Conferência dos
 Bispos Franceses.

Quatro imãs participam junto ao Presidente do Conselho para as Relações Inter-religiosas, Dom Michel Dubost, em uma visita de três dias a Roma. O propósito desta viagem, de acordo com os organizadores, é dar testemunho das boas relações entre os líderes muçulmanos e a
 Igreja na França.


Esta foi também a primeira vez, desde que se realizam os diálogos entre cristãos e muçulmanos franceses, em que os imãs desse país assistem a uma Audiência Geral para saudar o Papa.


Ao sair de seu encontro com o Papa Francisco, os líderes religiosos muçulmanos foram informados sobre o ataque e fizeram os seus primeiros comentários à imprensa francesa La Croix e I-Media.


Tareq Oubrou, reitor da Mesquita de Bordeaux (França), ressaltou que “é necessário que a comunidade muçulmana se levante” para expressar o “seu desgosto” pelo sequestro do Islã realizado por pessoas delinquentes.


Oubrou destacou que “os muçulmanos estão surpreendidos e cansados. A silente maioria deles se sente como se estivesse sendo sequestrada” pelas ações dos extremistas.

Para o religioso muçulmano, este crime afeta “o Islã e os muçulmanos franceses”.


“Este ato poderia dividir a sociedade e atrasar a assimilação e integração dos muçulmanos na sociedade francesa. Quem se beneficia com este crime? Nem o Islã, nem os muçulmanos. As religiões estão feitas para unir as pessoas, e todo ato que divida a humanidade não é um ato religioso”, disse Oubrou.


O imã acrescentou que o massacre do “Charlie Hebdo” foi o primeiro deste tipo desde a instalação, em 1980, da comunidade muçulmana na França.


Por sua parte, Mohammed Moussaoui, presidente da União de Mesquitas Francesas, assegurou que se sentiu “assustado e surpreso” quando soube da notícia, já que justo tinha rezado com o Papa Francisco “pela paz e fraternidade capaz de consolidar e fortalecer o mundo”, com uma intenção especial pelos cristãos no Oriente Médio.

De acordo com Mossaoui, os muçulmanos franceses são “vítimas duas vezes”, já que por um lado “a religião é explorada por criminosos”, e por outro há uma “tentativa populista de tomar vantagem destas ações criminosas para piorar e reavivar as divisões e temores da sociedade francesa”.


“Se os extremistas continuam duplicando seus esforços e intensificando as suas ações, violência e atrocidades, os muçulmanos devem intensificar sua reação a estes atos bárbaros, às vezes infelizmente cometidos em nome do Islã”, assinalou.

 

Fonte – ACI Digital - Etiquetas: atentado terrorista, França, extremismo

 

 

Compartilhar

Cuba devolve templos que havia roubado da Igreja. Valeu, Papa Francisco!

| Imprimir | PDF 

Cuba devolve templos que havia roubado da Igreja. Valeu, Papa Francisco!

capela_havana

A intervenção diplomática do Papa Francisco no processo de reaproximação dos EUA e Cuba já está rendendo bons frutos para o cristianismo na ilha caribenha. Segundo o Jornal O Globo, Raúl Castro está acelerando a restituição de propriedades da Igreja Católica que haviam sido confiscadas pelo governo, entre elas a capela da antiga Universidade de Santo Tomás de Villanueva, em Havana, e o antigo Colégio dos Padres Jesuítas, em Cienfuegos.

Não se trata de nenhuma mudança retumbante: é um processo discreto e lento. Mas certamente deve ser comemorado! Alguns imóveis já haviam sido devolvidos desde a visita de Bento XVI a Cuba. Na ocasião, o Papa pediu que o governo da ilha respeitasse mais amplamente os direitos humanos, e também pediu o fim do embargo americano. Francisco, portanto, dá continuidade ao trabalho diplomático de seu antecessor e de João Paulo II.

Os imóveis devolvidos à Igreja estão em mau estado de conservação – como, aliás, está quase tudo na grande favela que é Cuba. A citada capela da Universidade de Santo Tomás (universidade esta que pertencia à Igreja) foi saqueada e está sem uma parte do teto. Porém, é bastante provável que os católicos cubanos que vivem nos EUA ajudem a reformar esses espaços. São esses cidadãos, aliás, quem financiarão a construção de uma nova igreja em Cuba,após mais de 50 anos de proibição desse tipo de construção (Fonte: G1).

Como já explicamos (veja aqui), todo governo socialista – mesmo aqueles de países democratas – persegue a Igreja Católica, pois isso está na raiz da filosofia marxista. O socialismo é inimigo de Cristo. Mas, desde o papado de São João Paulo II, a Igreja optou pela via do diálogo com a ditadura cubana. Desde então, o feriado de Natal foi reconhecido na ilha, os católicos ganharam algumas poucas – mas importantes – liberdades e alguns prisioneiros políticos foram soltos.

Quando ainda era cardeal, o Papa Francisco – então Jorge Bergoglio – escreveu um livro em que detona com a Revolução Cubana e com a ideologia socialista. Infelizmente, é um livro pouco conhecido, chamado “Dialogos entre Juan Paulo II y Fidel Castro”. Enquanto vocês não têm acesso a essa aprazível leitura, saboreiem a lembrança desse glorioso momento da história cubana:

fidel_queda

AHAUHAUHAUAHUAAHUAH… (cof! cof!… pausa pra eu respirar um pouquinho…) AHUAHAUHAUAHUHA

Agora em slow motion

slow_motion

Pô, é difícil arrumar mobília nova em Cuba, e o cara ainda arrebenta as cadeiras com a fuça? O que é isso, companheiro?

- See more at: http://ocatequista.com.br/archives/14619#sthash.Llb79bLD.dpuf

Compartilhar

Metas para realizar em 2015

| Imprimir | PDF 

Hoje falaremos sobre como se organizar e planejar seu próximo ano. 2015 está chegando, e com ele carregamos vários sonhos e desejos para se realizar nesse ano que está começando.

Seja qual for seus sonhos e metas para o próximo ano, comece se organizando, seja por um caderninho ou uma agenda. Anote todas as suas metas para 2015, afinal, quando você visualiza, você materializa (já dizia “O Segredo” de Rhonda Byrne). Assim você lista todas suas metas, e é incrível chegar quase ao final do ano e reler essa lista e ver quantas coisas se concretizaram e o que ainda não foi.

Se você quer fazer um curso, faculdade, ou viagem, é bom se planejar financeiramente, por isso anotar seus gastos e ter um controle minucioso da sua vida financeira é fundamental. Corte alguns gastos banais, que no final do mês ou do ano, fazem toda diferença, e isso você só vai perceber anotando, no começo é meio chatinho, mas depois você pega o ritmo.

Hoje em dia tem aplicativos que também facilitam muito esse controle financeiro, se você não quer anotar com papel e caneta, vale a pena! Eu já tentei vários aplicativos, mas sinceramente, nesse aspecto sou muito antiga, pois prefiro o bom e velho lápis e papel.

Não sei se terei uma agenda, talvez uma menorzinha, só para anotar alguns pontos mais importantes do dia. Mas para fazer esse controle financeiro, e anotar alguns itens que não posso esquecer de fazer ou comprar no dia a dia, eu preferi um caderninho, inclusive comprei um bem fofo, para me incentivar ainda mais.

Não se esqueça de ter noção sobre sua realidade, nada de fazer planos como ir à Paris 2 vezes esse ano, se você não tem condições. Sei que esse é um sonho bacana de se ter e nunca devemos parar de sonhar, mas sua meta pode ser algo haver com isso, como exemplo: começar a planejar e pensar na viagem para Paris (seja para 2016/2017).

Para 2015 tenho muitos projetos, primeiramente, quero ser ORGANIZADA, de uma vez por todas. Sempre tendo, começo bem, mas não sei o que acontece, que no meio do caminho me perco. Não é falta de vergonha não, pois acompanho o Vida Organizada há anos, e ele foi minha primeira inspiração para criar meu blog, como também a ser um pouco mais organizada.

Segundo, pretendo fazer outra faculdade e mudar de área profissional. Depois de muito pensar, conversar e refletir, eu decidi fazer Letras (Português/Literatura), e pretendo sim trabalhar como professora, dando aulas, enfim. Estou muito feliz de ter me encontrado, pois confesso que estava perdida, pois me desiludi com a Publicidade, e resolvi que não quero mais isso para minha vida. Sobre essa nova graduação, com certeza vou dividir tudo aqui no blog.

Enfim, esses são só alguns pontos que desejo para meu 2015, que tenho certeza que será um ano MARAVILHOSO, não só para mim, mas como para todos nós!

E você, como se prepara para 2015?

Fonte - Renata Cunha - http://misturadelicada.wordpress.com/tag/como-planejar-suas-metas-para-2015/

Compartilhar
Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2019

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.