Coração de Sião - Abril de 2020

ABRIL 2020 - ANO DO JUBILEU - 25 ANOS

“A liberdade do amor”

Há pouco tempo celebrávamos o Natal, quando nasceu para nós o Amor, através de um menino. “Luz para iluminar as nações e glória do teu povo, Israel” (Lc 2, 32). Estas palavras proféticas foram proferidas pelo velho Simeão, inspirado por Deus na apresentação do Menino Jesus no templo, quando o tomou em seus braços. Ele preanuncia ao mesmo tempo o que “o Messias do Senhor” realizará em sua missão como “sinal de contradição”, quando diz: “este menino está destinado a ser causa de queda e de soerguimento para muitos homens em Israel, e a ser um sinal de contradições” (Lc 2, 34).

Esta criança veio com uma grande missão, sustentar o mundo, levando os homens a conversão, através do encontro com Deus, Ele próprio, que se encarnou.

Agora no calendário litúrgico vamos celebrar a Páscoa, que em todo mundo é celebrada pelos cristãos como o momento de renascimento, renovação, esperança e mudança de vida. A celebração da vitória de Jesus sobre o pecado, da vida sobre a morte. Para o Papa Francisco, Páscoa significa “o êxodo, a passagem do homem da escravidão do pecado, do mal, à liberdade do amor, do bem. Porque Deus é vida, somente vida, e a sua glória somos nós: o homem vivo”.

Para chegarmos a Páscoa, festa da Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, passamos pela Quaresma, quarenta dias de preparação, de oração e penitência que precedem essa festa.

Agora é preciso sempre lembrarmos que para bem celebrarmos essa grande Festa, a Páscoa em nossa vida, é necessário, fazermos um bom exame de consciência, e verificarmos se a nossa oração, o nosso jejum e mortificações, assim como as nossas obras de misericórdia, produziram todo o efeito de conversão, necessários para que realmente, a Páscoa seja uma passagem do velho para o novo, do vício para a virtude, do pecado para a santidade e tudo o mais que este tempo nos quer proporcionar.

Enfim, é preciso que nos libertemos de toda a dependência do mundo para esse encontro com o Senhor, que nos chama a fazer uma experiência nova com Ele, a exemplo dos seus discípulos!

 Intenções do mês

 Pelas intenções do Santo Padre, o Papa Francisco, para o mês de abril: pede pela libertação das dependências. Rezemos para que todas as pessoas sob a influência de dependências sejam bem ajudadas e acompanhadas.

Que Santa Maria, Mãe de Deus e São Miguel, protejam a Igreja de toda ação do diabo, que quer sempre semear a divisão.

Lembremos também e rezemos pelos nossos irmãos, os cristãos, que são perseguidos e martirizados em todo o mundo.

Pelo Brasil, que a justiça Divina, prevaleça sobre toda a violência, corrupção, descaso com a vida humana e seus valores.

Sagrado Coração de Jesus, eu espero e confio em Vós!

 REZEMOS 

“Ó Cristo Ressuscitado, da morte vencedor, por tua vida e teu amor, mostraste a nós a face do Senhor. Por tua Páscoa o céu à terra uniste e o encontro com Deus a todos nós permitiste. Por ti, Ressuscitado, os filhos da luz nascem para a vida eterna e abrem-se para os que crêem as portas do reino dos céus. De ti recebemos a vida que possuis em plenitude pois nossa morte foi redimida pela tua e em tua ressurreição nossa vida ressurge e se ilumina. Volta a nós, ó nossa Páscoa, teu semblante redivivo e permita que, sob teu constante olhar, sejamos renovados por atitudes de ressurreição e alcancemos graça, paz, saúde e felicidade para contigo nos revestir de amor e imortalidade. A ti, inefável doçura e nossa eterna vida, o poder e a glória por todos os séculos. Amém!

Jesus manso e humilde de coração, fazei o meu coração semelhante ao teu!

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!

Reze: Pai nosso, Ave Maria, Glória.


Fonte - https://redemundialdeoracaodopapa.pt/rezar-com-o-papa/intencoes/2019/12 - http://catolicos.modaefe.com.br/oracao-de-pascoa/

Compartilhar

| Imprimir | PDF 

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2020

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.