Coração de Sião - Setembro de 2016

A PALAVRA QUE TEM FORÇA!

A Igreja Católica Apostólica Romana dedica de modo especial o mês de setembro a Bíblia, Palavra de Deus.

O termo “palavra”, quando usado com o sentido de afirmação, de compromisso, no âmbito humano, está um tanto quanto desgastado, porém, nesta meditação nos referimos a uma Palavra que tem força e por isso é credível.

Mas a vossa palavra seja sim, se for sim; não, se for não. Tudo o que passar disso vem do mal” (Mt 5,37)

A mentira não é privilégio de nenhuma classe social. Estamos até acostumados a conviver com ela na vida social, na família, na vida pública, nos meios de comunicação, em toda parte. É como se uma camada de névoa permanente envolvesse o mundo, confundindo o que está à meia distância, impedindo a visão geral. Acostumados a não ter certeza, concordamos que desconfiar é a melhor maneira de não se deixar enganar.

Mesmo na relação pessoal não somos mais capazes de confiar. Para empregar uma pessoa, queremos referências; para celebrar um contrato, firma reconhecida; para emprestar, avalistas; para acreditar, provas.

E como o amor verdadeiro não oferece garantias, perdemos a oportunidade de amar. O amor supõe a confiança de que um sim dito hoje, seja um sim para sempre. É dessa forma que Deus nos ama: Ao dizer sim, nos deu a vida. Não para tirá-la depois, mas para fazê-la eterna. Quando dizemos sim para valer, repetimos o modo de Deus amar. Somos sinais de Deus.

Sua Palavra nos ensina a amar não somente a Deus, mas também aos irmãos, quando nos diz: “Amemos a Deus, porque Deus nos amou primeiro. Se alguém disser: ‘Amo a Deus’ mas odiar o irmão, é mentiroso. Pois quem não ama o irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. Temos de Deus este preceito: quem ama a Deus, ame também o irmão”. (1 Jo 4, 19-21)

Então precisamos: dizer “sim quando é sim e não quando é não”, é recriar um mundo ensolarado contra a névoa fria da mentira, recobrar a confiança na vida, apostar no amor, acolher a fé. Desmontar as defesas que separam um ser humano do outro ser humano. Estalar as estruturas deste velho mundo que institucionalizou a mentira, o medo, a divisão.

Precisamos a partir disto que nos é apresentado, tomar uma decisão de mudança de atitude, ou melhor, por que não dizemos conversão.

Precisamos sim, mas como?

A partir da Palavra de Deus que nos orienta e sempre deveria orientar as atitudes e os posicionamentos humanos.

Por isso, é que neste mês de forma especialíssima somos convocados a uma meditação mais intensa e profunda da Sagrada Escritura, da Bíblia, Palavra de Deus.

Se nos habituarmos a ler, meditar e, sobretudo aplicarmos a Palavra de Deus à nossa vida, com certeza a nossa palavra, passará a ter força também! Aí o nosso “sim” será “sim” e o nosso “não” será “não”.   

 

Fonte – cf. Comentários - Graças a Deus 17 de junho de 1995 – Ed. Vozes


INTENÇÕES DO MÊS

Vamos pedir ao Senhor neste mês dedicado a Bíblia, que mais homens, mulheres, jovens e também as crianças passem a ler, meditar a Palavra de Deus, aplicando a suas vidas.

Também neste mês vamos nos unir ao Santo Padre, em suas intenções pela humanização da sociedade e para que cada um contribua para o bem comum e para a edificação de uma sociedade que ponha no seu centro a pessoa humana.

Também pede o Santo Padre pela Missão evangelizadora dos cristãos: para que os cristãos, participando nos Sacramentos e meditando a Sagrada Escritura, se tornem cada vez mais conscientes da sua missão evangelizadora.

Coloquemos também como intenção a conversão de todos os pecadores.

Sagrado Coração de Jesus, eu espero e confio em Vós!


REZEMOS

Rezemos pedindo ao Senhor que nos ajude a ler e compreender a sua Palavra.

“Meu Senhor e meu Pai! Envia o teu Santo Espírito para que eu compreenda e acolha tua Santa Palavra!

Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e te faça louvar por todas as criaturas.

Fazes, ó Pai, que pela leitura da Palavra os pecadores se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos chegar a vida eterna”.

Jesus Mestre, que dissestes: "Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome, eu aí estarei no meio deles", ficai conosco, aqui reunidos para melhor meditar e comungar com a vossa Palavra.

Sois o Mestre e a Verdade: iluminai-nos, para que melhor compreendamos as Sagradas Escrituras.

Sois o Guia e o Caminho: fazei-nos dóceis ao vosso seguimento.

Sois a vida: transformai nosso coração em terra boa, onde a Palavra de Deus produza frutos abundantes de santidade e de vida.  Amém”

Jesus manso e humilde de coração, fazei o meu coração semelhante ao teu!

Reze: Pai nosso, Ave Maria, Glória.

Fonte - Bíblia Ave Maria e Paulinas blog vocacional

Compartilhar

| Imprimir | PDF 

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2017

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.