Vaticano julgará em julho ex-arcebispo acusado de pedofilia

 Cidade do Vaticano (RV) – O Vaticano anunciou esta segunda-feira (15/06) uma medida esperada e sem precedentes: o julgamento, no próximo dia 11 de julho, do ex-Núncio Apostólico na República Dominicana, Jozef Wesolowski, por presumíveis abusos contra menores e posse de material "pornográfico-pederasta".

A Sala de Imprensa, por meio de uma nota de Pe. Federico Lombardi, acrescenta que a decisão foi tomada pelo Presidente do Tribunal do Estado da Cidade do Vaticano, Giuseppe Dalla Torre del Tempio di Sanguinetto.

Wesolowski é o ex-arcebispo polonês e diplomata papal que foi destituído do sacerdócio em 2014 após denúncias de pagar crianças para realizar atos sexuais.

Os crimes pelos quais o ex-embaixador foi acusado supostamente foram cometidos durante sua estadia em Roma, entre agosto de 2013 e 22 de setembro de 2014, quando foi detido, assim como durante o período em que atuou como núncio na República Dominicana, entre 24 de janeiro de 2008 e 21 de agosto de 2013.

"No primeiro caso se trata da posse de material pedófilo, um crime que o Papa Francisco incluiu em 2013 na legislação vaticana. No segundo caso, são abusos de menores com base em uma acusação apresentada pelas autoridades judiciais de Santo Domingo", explicou a nota.

"O Tribunal poderá basear-se na análise dos computadores do acusado, mas também em eventuais formas de cooperação judicial internacional, destinadas a avaliar os depoimentos probatórios apresentados pela justiça dominicana", destaca a Santa Sé.

Pe. Lombardi explicou aos jornalistas que o ex-Núncio já foi interrogado duas vezes nos últimos meses e que atualmente se encontra em prisão domiciliar, no Estado do Vaticano. 

 

 Fonte - Rádio Vaticano - http://br.radiovaticana.va/news/2015/06/15/vaticano_julgar%C3%A1_em_julho_ex-arcebispo_acusado_de_pedofilia_/1151660

Compartilhar

Imprimir PDF

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2019

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.