5° Domingo - Tempo Comum - Ano B – 04 de Fevereiro de 2018

Texto Bíblico: Evangelho de São Marcos 1, 29 – 39

1 – L E I T U R A

Assim que Jesus saiu da sinagoga, dirigiu-se com Tiago e João à casa de Simão e André. A sogra de Simão estava de cama, com febre. Logo falaram-lhe sobre ela. Jesus foi ao encontro dela. Tomou-a pela mão e a levantou. Imediatamente a febre a deixou e ela se pôs a servi-los. À tarde, depois do pôr do sol, levaram-lhe muitos enfermos e possessos do demônio. Toda a cidade estava reunida diante da porta. Ele curou muitos que estavam oprimidos de diversas doenças e expulsou muitos demônios Não lhes permitia falar porque o conheciam. De manhã, tendo-se levantado muito antes do amanhecer, ele saiu e foi para um lugar deserto e ali se pôs em oração. Simão e seus companheiros saíram a procurá-lo. Ao o encontrarem disseram-lhe: Todos te procuram. Ele lhes respondeu: Vamos às cidades vizinhas para que eu anuncie ali também a palavra de Deus, pois foi para isso que eu vim. Ele retirou-se dali, ensinado em todas as sinagogas e por toda a Galileia e expulsava os demônios.

O que diz o texto?

Marcos apresenta Cristo neste início de seu evangelho realizando milagres. E como vimos no domingo passado livra muitos de doenças, algumas são tidas como possessão do demônio. Cristo mostra-se atento a tudo o que acontece em torno dele. Sensível à febre da sogra de Pedro. E a presteza desta senhora em logo servir a todos, como boa hospedeira. Cristo ensina aos apóstolos sobre Deus, sobre a vida humana, religiosa, mas também os leva para ver o que ele fazia aos outros. São lições práticas que depois eles mesmos irão fazer quando forem enviados em missão. Mostra também que a oração pede ao Pai força e as luzes para seu trabalho. Escolhe lugar deserto, mais propício para se concentrar melhor. Quando o povo sente o valor da presença de Deus não se cansa de procurá-lo. Ensina-nos também a ir ao encontro de todos os que precisam de sua presença, por isso vai visitar outras cidades.

Indicações para a leitura

·           Jesus se limita a ensinar só nas sinagogas? Em que casa vai se hospedar?

·           O que chamou a atenção de Cristo na casa de Simão? Quem falou com ele?

·           A quem Jesus curou nesta casa? Qual foi a atitude da pessoa curada?

·           Quem veio ver Jesus e o que queriam?

·           Depois de dormir, que fez Cristo ao acordar bem cedo?

·           Que respondeu Cristo quando os apóstolos o encontraram?

2 – M E D I T A Ç Ã O - O que me diz o texto? O que nos diz o texto?

·        Em meu dia que pensamentos tomam mais conta de minha mente?

·        Preocupo-me pelo bem estar natural e espiritual das pessoas?

·        Esforço-me para conviver com pessoas diferentes na educação e formação?

·        Acredito que Deus está presente em minha vida querendo sempre meu bem?

·        Estou atento às necessidades das pessoas com quem convivo?

·        Busco sempre no silêncio, na oração, luzes e força para meus trabalhos?

·        Encaminho as pessoas para buscarem em Cristo a resposta para suas vidas?

3 – O R A Ç Ã O - O que digo a Deus? O que dizemos a Deus?

O Salmo (146/147) da missa de hoje pode ajudar-nos. Hoje venho a Ti, meu Deus, meu Pai, meu Amigo, porque és bom, amável, sempre atento ao que preciso. Tu conheces meus pensamentos, meus sentimentos, meus desejos, meus sonhos. Purifica-me para que eu os dirija sempre para louvar-te por todo o bem que fazes a todos.

Eu te louvo Senhor, agradecido por todo o bem que fazes a todos, de modo especial aos mais humildes e necessitados. Bendito sejas, meu Senhor por toda a natureza que preparaste para nós: as plantas, os animais, o céu, as chuvas, o sol, as noites enluaradas.

4 – C O N T E M P L A Ç Ã O - Como interiorizo a mensagem? Como interiorizamos a mensagem?

Quero me colocar humildemente na presença do Senhor como sou por dentro e por fora: minha maneira de ser, de pensar, de agir e de conviver com as pessoas. Olhar as pessoas como irmãos queridos que esperam contar comigo. Deus me ilumine para ver as necessidades deles e ajudá-los sempre.

Que Deus me dê fé e confiança maior. Acredito que o Senhor atende a minha oração pessoal sincera. Mas ele se sente mais feliz quando me vê orar com todos os meus irmãos em casa, na comunidade... Quero orar com mais fé junto com todos.

5 – A Ç Ã O - Com o que me comprometo? Com o que nos comprometemos?

Proposta pessoal

Vou me observar mais e procurar enxergar melhor as necessidades das pessoas com quem convivo para me colocar mais à disposição delas. Quero pedir e aceitar com humildade também que me corrijam de minhas falhas.

Proposta comunitária

Vou combinar com os irmãos com quem faço o trabalho comunitário que todos sejamos amigos sinceros para nos ajudar-nos com mais disposição.

Fonte - Diocese de Petrópolis

Compartilhar

| Imprimir | PDF 

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2018

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.