Estudo: Metade dos adolescentes da Grã-Bretanha terão famílias monoparentais até 2020.

paifilho

Um novo relatório prevê que, em 2020, metade dos jovens de 16 anos da Grã-Bretanha terão famílias monoparentais. 

O estudo “Breakthrough Britain 2015″, descobriu que, mesmo hoje, apenas 57 por cento dos adolescentes vivem com o pai.

O relatório acrescenta ainda, conforme a suposição comum, que as crianças cujos pais são separados têm significativamente mais probabilidade de falhar na escola, têm baixa auto-estima, dificuldades nos relacionamentos, dificuldades de comportamento e ansiedade ou depressão. A notícia foi publicada esta semana no Daily Telegraph.

“Por muito tempo neste país a desagregação da família tem sido incontestada – apesar do impacto devastador sobre a adultos, crianças e comunidades”, disse Christian Guy, diretor do Centro para a Justiça Social, que realizou o estudo.

A Dra. Samantha Callan, uma das co-autoras do relatório, disse que a “norma social” de ter filhos fora do casamento precisa mudar a fim de reverter o número crescente de famílias sem pais. “Existe uma visão predominante na sociedade que, quando as coisas não vão bem em um relacionamento, isso significa que o fim está próximo”, disse ela. “Mas todos os relacionamentos estão sob pressão; você precisa ter um compromisso como o casamento para que você saiba que não vai fugir”.

A Igreja tem muitos recursos para os casais que atravessam dificuldades. A USCCB tem um site dedicado ao casamento aqui: http://www.foryourmarriage.org/

Compartilhar

Imprimir PDF

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2019

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.