O Valor do sofrimento à luz dos ensinamentos dos Santos Doutores

imagesCAJN7R0ZTexto utilizado como base na pregação ministrada no Acampamento Fortes na Tribulação na Canção Nova, dia 24/05/14.

O Valor do Sofrimento

Santo Agostinho:   Se a uva não fosse esmagada no lagar, não haveria vinho.

O Deus todo-poderoso por ser soberanamente bom, nunca deixaria qualquer mal existir nas suas obras se não fosse bastante poderoso e bom para fazer resultar o bem do próprio mal.

Deus não é de modo algum, nem direta nem indiretamente, a causa do mal moral.

É desígnio de Deus que toda alma desregrada seja para si mesma o seu castigo.

A cruz é uma escola.

Quem ama não sofre e, se sofre, ama o sofrimento.

Noite e dia, minha mãe Vos oferecia por mim, em sacrifício, o sangue do seu coração destilado em lágrima nos seus olhos.

 

1 – O Pecado

Pecado: “O salário do pecado é a morte” (Rom 6,23) – O Pecado original

São João Crisóstomo: Sois muito exatos em contar os sofrimentos. E sois, porventura, em contar os pecados que os provocam?

 

2 – A nossa vontade: Aceitar a vontade de Deus

“Aceita tudo que te acontecer” (Eclo 2,4)

Santo Afonso:“Quem ama Jesus Cristo de coração, nunca está de mau humor. Não querendo senão o que Deus quer, sempre tem tudo o que quer e por isso se encontra sempre tranqüilo e sempre o mesmo”.

“Mesmo que realizes muitas coisas, não progredirás na perfeição, se não aprenderes a negar a tua vontade e a sujeitar-te, deixando a preocupação de ti próprio e das tuas coisas”.

São Bernardo:” Quando estou dividido em mim mesmo é porque não estou unido com Deus”.

“Quando se vê uma pessoa perturbada, a causa da perturbação não é outra coisa senão a incapacidade de satisfazer a própria vontade”.

Santa Teresa:  Quem abraça as cruzes que Deus lhe manda não as sente.breviario_da_confianca_

Nada te deve angustiar, nada assustar, tudo passa. Só Deus permanece o mesmo. A paciência tudo alcança. A quem Deus possui nada lhe falta. Deus só basta.

Não se deixe perturbar, nem deixar a oração – que é o que o demônio pretende.

Não nos perturbem os pensamentos e a imaginação… o remédio é ter paciência e sofrer por amor de Deus.

O mérito consiste no sofrer e amar.

 São Francisco de Sales:Tende por certo que todos os pensamentos que nos trazem inquietação, não vêm de Deus, príncipe da paz. Eles vêm ou do demônio ou do amor próprio ou da estima desregrada que temos de nós mesmos.

Quando Deus nos convida ao sofrimento, nos dispensa da ação. O leito de um doente é um altar de sacrifício.

Deus nos fala entre espinhos ou entre rosas perfumadas.

 

3 – Nossa Santificação (Hb  12,4ss)

 Santo Agostinho: “Deus quer destruir em ti o que tu mesmo fizeste e pôr a salvo em ti o que Ele fez”.

Não suspiraríamos pelo porto de uma salvação segura se nos sorrisse sempre a calma enganadora da prosperidade.

Se és ouro, a tribulação te purifica de tua escória. Se és palha, a tribulação te reduz a cinzas.

Deus permite as tentações, não para te arruinar, mas para fazer-te mais forte.

Agitados o lodo e o perfume, o primeiro cheira mal e o segundo exala agradável fragrância.

A firmeza cristã exige não só fazer o bem, mas também sofrer o mal.

Santa Catarina : Envio-lhes contrariedades, para que compreendam que esta vida não constitui a meta final, que as realidades terrenas são imperfeitas e passageiras, que sou Eu o fim último.

Recorda-te de que o ofensor foi mero instrumento Meu, e que ele age muitas vezes com reta intenção. Picadas de abelhas.

Tudo quanto quero ou permito tem uma finalidade: que atinjais a meta para a qual vos criei.

Permito o mal a fim de que o ofendido prove sua paciência ou a adquira.

Onde estavas, meu Jesus, durante essa tempestade? Jesus: No meio de teu coração!

Santa Teresa: Muitas vezes Deus quer que seus eleitos sintam a própria miséria.

Deus não manda nenhum sofrimento sem pagá-lo imediatamente com algum favor.

Santo Afonso : Ganhamos mais em um só dia de sofrimento vindo de Deus ou do próximo do que em dez anos que nós mesmos escolhemos.

São João da Cruz: Quando tiveres algum aborrecimento e desgosto, lembra-te de Cristo crucificado e cala-te.

Se quiseres chegar a possuir Cristo, jamais o busques sem a Cruz.

 

4 – As tentações

Quanto mais difícil for vencer a tentação, mais mérito e mais santidade.

Santa Teresa: Os penhores e sinais com que a alma é favorecida são necessários para agüentar as provações que a esperam.

 

5 – Reino de Deus

“Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este homem é para mim um instrumento escolhido, que levará o meu nome diante das nações, dos reis e dos filhos de Israel” (At 9,15).

“Confirmavam as almas dos discípulos e exortavam-nos a perseverar na fé, dizendo que é necessário entrarmos no Reino de Deus por meio de muitas tribulações” (At 14,21-22).

cpa_na_escola_dos_santosPapa Bento XVI :Soframos o martírio da ridicularização

Santo Afonso: Todas as obras divinas têm o selo da cruz.

É na adversidade e não na prosperidade que Deus prova a fidelidade de seus servos e separa o trigo da palha.

Como poderá uma pessoa que ama a Jesus Cristo deixar de aceitar os desprezos, vendo seu Deus suportar escarros e tapas como sofreu na sua Paixão?

É preciso que na oração mental nos preparemos para sofrer as contrariedades  que nos possam sobrevir.

Não podemos ter maior garantia de agradarmos a Deus, do que aceitando de boa vontade as cruzes mandadas por Ele.

Não podes rezar? Que oração melhor do que olhar para o crucifixo de quando em quando e, oferecer as dores que suportas unindo o pouco que sofres às dores imensas de Jesus Cristo na cruz?

Quero sofrer por Aquele que desejou sofrer por mim dores muito maiores do que as minhas.

 São Leão Magno: Não há, caríssimos, obras de virtude sem experiência da tentação, fé sem provações, combate sem inimigo, vitória sem luta.

São João Crisóstomo: Quando o Senhor concede a alguém a graça de sofrer, faz-lhe um bem maior do que se lhe desse o poder de ressuscitar os mortos. Isto porque o homem que faz milagres se torna devedor de Deus, mas no sofrimento Deus se torna devedor do homem.

 

6 – Como enfrentar o sofrimento

- Afastar a  tristeza: “Não entregues tua alma à tristeza, não atormentes a ti mesmo em teus pensamentos” (Eclo 30,22).

“Tem compaixão de tua alma, torna-te agradável a Deus, e sê firme; concentra teu coração na santidade, e afasta a tristeza para longe de ti, pois a tristeza matou a muitos, e não há nela utilidade alguma” (Eclo 30,24-25).

- Não cair na Auto piedade – Olhar os sofrimentos dos outros.

- A esperança do Céu supera o sofrimento.

- O Socorro da Palavra de Deus.

- O Socorro da Virgem Maria.

-  Orar sem cessar. 1 Ts 5,17.

- Dar graças a Deus – Rom 8,28 – Tudo concorre…

-  Receber frequentemente a Confissão e a Eucaristia

 Prof.Felipe Aquino

Extraido do site da Editora Cleofas

Compartilhar

| Imprimir | PDF 

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2017

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.