Deus não está morto: um filme que desafia mentes e corações

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

Um professor de filosofia desafia seu aluno cristão: ou prova que Deus existe ou assume as consequências

Chega ao cinema um filme cujo nome já desperta a curiosidade: “Deus não está morto” (“God’s not dead”). A história gira em torno da universidade na qual estuda Josh Wheaton, quem é desafiado pelo seu professor de filosofia: ou prova que Deus existe ou assume as consequências.

Abordada dessa maneira, a história parece muito simples, mas, ao assistir ao trailer, as coisas mudam drasticamente.

O projeto do filme nasceu com sites em inglês e espanhol, e está fazendo o maior sucesso nas redes sociais: mais de 1 milhão de fãs no Facebook e 18 mil seguidores no Twitter. O filme acabou de chegar aos telões dos Estados Unidos e tem estreia prevista na América Latina em abril.

Mesmo antes da estreia, o prestigiado índice IMDB já havia destacado o filme, que pode ser considerado não apenas um material de entretenimento, mas também um recurso para discussões, catequeses e inclusive como desafio intelectual.
Foi Nietzsche quem formulou a máxima “Deus está morto”, mas hoje Deus poderia escrever o mesmo: “Nietzsche está morto”.

 

 

Artigo publicado originalmente por Actualidad y Análisis  via Aleteia

Compartilhar

| Imprimir | PDF 

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2019

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.