Coração de Sião - Março de 2014

QUEM TEM OUVIDOS, QUE OUÇA!

São muitas as propostas, que a cada ano, nos querem envolver, em muitos casos com pretensas intenções de unir, de nos valorizar como pessoas, mas é preciso lembrar que “estamos no mundo, mas não somos deste mundo” (cf. Jo 15, 19).

Nossa Senhora sempre está atenta as situações da humanidade, porém, ela está ainda mais atenta aos planos de Deus para esta mesma humanidade. Em Medjugorje, nos dias de hoje, através de suas mensagens continua nos alertando: “Queridos filhos! Vocês vêem, ouvem e sentem que nos corações de muitas pessoas não existe Deus. Elas não O querem, porque estão longe da oração e não têm paz. Vocês, filhinhos, rezem – vivam os Mandamentos de Deus. Sejam oração, vocês que desde o início disseram “sim” ao Meu chamado. Testemunhem Deus e a minha presença e não se esqueçam, filhinhos; Eu estou com vocês e Eu amo vocês. Dia após dia, Eu apresento todos ao Meu Filho Jesus. Obrigado por terem respondido ao Meu chamado”. (Medjugorje – 25 de fevereiro de 2014)

Então, para que o Senhor faça parte em nossas vidas, é preciso que o coração do homem (e da mulher) esteja aberto a Sua vontade, desapegados das coisas do mundo e de suas propostas. Jesus nos fala ainda hoje, como falou para os seus: O semeador saiu a semear. Ao semear, uma parte caiu à beira do caminho. Vieram os pássaros e a comeram. Outra parte caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra, e logo germinou porque a terra não era profunda. Mas, quando o sol se levantou, ficou queimada e, como não tinha raízes, secou. Outra parte caiu no meio dos espinhos; os espinhos cresceram e a sufocaram. Outra parte caiu em terra boa e deu frutos, uma cem, outra sessenta, outra trinta. Quem tiver ouvidos, que ouça”. (cf. Mt 13, 3-9).

Depois de Jesus lhes apresentar a parábola do semeador, lhes foi explicando, “ouvi, portanto, a parábola do semeador. Quando alguém ouve a Palavra de Deus e não a entende, chega o maligno e arranca o que lhe foi semeado no coração: é o que foi semeado junto ao caminho. O que foi semeado em terreno pedregoso é aquele que ouve a Palavra e logo a recebe com alegria; mas não tem raízes; é inconstante: surgindo uma tribulação ou perseguição por causa da Palavra, logo fraqueja. O que foi semeado entre espinhos representa quem ouve a Palavra, mas as preocupações do mundo e a sedução das riquezas a sufocam e tornam estéril. O que foi semeado em terra boa é quem ouve a Palavra e a entende e dá frutos: uns cem, outros sessenta, outros trinta”. (Mt 9, 18-23)

Nos tempos atuais precisamos atender ao pedido de Nossa Mãe e nos aproximarmos de Jesus, através da oração, da penitência e jejum, ouvindo e aplicando às nossas vidas a sua Palavra. 


INTENÇÕES DO MÊS

            Neste mês de março terá início o Tempo da Quaresma, tempo forte concedido por Deus através da Igreja, para nossa conversão.

            Neste período a Igreja no Brasil lança a Campanha da Fraternidade, para a qual somos motivados com um tema. Neste ano o tema é: “Fraternidade e tráfico humano”. E o seu lema: “Para liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1)

Coloquemos como intenção a partir deste mês, o objetivo do tema da Campanha da Fraternidade 2014: “identificar as práticas de tráfico humano em suas várias formas e denunciá-lo como violação da dignidade e da liberdade humana, mobilizando cristãos e a sociedade brasileira para erradicar esse mal, com vista ao resgate da vida dos filhos e filhas de Deus".

É preciso que nos unamos em primeiro lugar em oração. Porém não podemos parar por aí, precisamos também nos colocar ao lado daqueles que sofrem e como cristãos termos iniciativas que possam contribuir para a eliminação desta prática que vai contra a liberdade e a vida humana.

Sagrado Coração de Jesus, eu espero e confio em Vós!       


REZEMOS

Neste mês e a partir dele, sejamos abertos a vontade de Deus e a todas as suas solicitações, apresentadas a partir da Igreja Católica. Apoiados na Palavra de Deus e nos seus ensinamentos, rezemos com a Igreja pelo bom êxito e pelos bons frutos da Campanha da Fraternidade 2014.

Tudo isto através da oração da Campanha para este ano: “Ó Deus, sempre ouvis o clamor do vosso povo e vos compadeceis dos oprimidos e escravizados. Fazei que experimentem a libertação da cruz e a ressurreição de Jesus. Nós vos pedimos pelos que sofrem o flagelo do tráfico humano. Convertei-nos pela força do vosso Espírito, e tornai-nos sensíveis às dores destes nossos irmãos. Comprometidos na superação deste mal, vivamos como vossos filhos e filhas, na liberdade e na paz. Por Cristo nosso Senhor. AMÉM!”

Jesus manso e humilde de Coração fazei o meu coração semelhante ao Vosso!

Reze: Pai Nosso, Ave Maria, Glória

Compartilhar

| Imprimir | PDF 

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2020

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.