Coração de Sião - Fevereiro de 2012


Queridos Amigos, Associados e Benfeitores de Sião,

ALEGRIA - FRUTO DO ESPÍRITO

“Tudo me é permitido, mas nem tudo convém. Tudo me é permitido, mas não me deixarei dominar por coisa alguma. Os alimentos são para o estômago, e o estômago para os alimentos; porém Deus destruirá tanto aqueles como este. O corpo não é para a impureza (prostituição), mas sim para o Senhor, e o Senhor para o corpo; e Deus, que ressuscitou o Senhor, também nos ressuscitará a nós pelo poder” (1 Cor 6, 12-14).

Neste mês de fevereiro acontecerá mais um Carnaval, festa popular que segundo a tradição e assim propagada pela mídia, é uma festa, tempo de alegria!

Tradicionalmente acontece durante quatro dias. Poucos dias, em que muita coisa acontece. Acontecimentos que podem alterar totalmente a trajetória de uma vida ou de vidas.

O trecho bíblico citado acima, de uma das cartas de São Paulo, apresenta sérias advertências à cidade de Corinto, uma metrópole cultural e comercial famosa por sua riqueza e luxo. Alerta sobre a imoralidade sexual e as relações sexuais ilícitas que provocaram o relaxamento dos bons costumes.

Em nossos tempos a mídia fala de alegria correlacionando-a ao Carnaval! Que alegria?

Segundo o mesmo São Paulo, a “alegria, assim como: a caridade, a paz, longanimidade, afabilidade, bondade, fidelidade, mansidão, continência são frutos do Espírito Santo” (cf. Gal 5, 22-23). Será que os promotores desta festa, sabem pelo menos quem é o Espírito Santo?

E aí muitas pessoas motivadas por esses que promovem tal festa pagã, ao verem que a Igreja Católica Apostólica Romana aproveita para promover retiros neste tempo, comentam que para lá só vão os alienados, ou aqueles que desejam fugir de alguma situação.

Na realidade é isso! A grande maioria que aproveita os dias de Carnaval para se retirar, quer fugir das turbulências do mundo, quer se colocar a parte desta festa, aproveitando para se aproximar de Deus, deixando os falsos valores do mundo para encontrar-se com Aquele que pode gerar em seus corações a verdadeira e eterna alegria.

E São Paulo continua: “Os que são de Cristo Jesus, crucificaram a carne com as paixões e concupiscências. Se vivemos do espírito, andemos também segundo o espírito”. (Gal 5, 24-25)

Que alegria você procura? Como e onde a busca?

Para melhor entender, saiba que a verdadeira alegria se encontra na esperança e esta, que a princípio nos parece desconhecida, é verdadeira e é ela que nos estimula e causa as ansiedades como também os ímpetos positivos ou destruidores para o mundo autêntico e o homem verdadeiro.

Podemos pensar que cada instante de nossa existência é a vida em sentido pleno, um incessante mergulhar na vastidão do ser, e assim ficamos simplesmente inundados pela alegria. Assim nos fala Jesus, no Evangelho de São João: “Eu hei de ver-vos outra vez, e o vosso coração se alegrará e ninguém vos tirará a vossa alegria” (Jo 16,22). Devemos olhar nesse sentido, se quisermos entender o que visa à esperança cristã, o que esperamos da fé é estarmos com Cristo. (cf. Spe Salvi 12)

É Ele que nos dá a verdadeira alegria e é Nele que podemos esperar!

É preciso aproveitar o tempo com algo que nos proporcionará uma alegria duradoura (eterna) e não com momentos de alegria que em algumas situações se tornarão tristezas que podem durar eternamente!

 

 

 


INTENÇÕES DO MÊS

 

Vivemos em tempos de falsas alegrias fundamentadas no consumismo, impregnados pela cultura do ter, ser e poder. Em uma sociedade, e até para alguns que se dizem de Cristo, são estas as condições necessárias para sua satisfação. Satisfação que infelizmente produz uma alegria passageira ou por que não dizer, transitória.

O que realmente o ser humano precisa hoje?

A primeira intenção que devemos trazer para este mês, é que o ser humano se aproxime de Deus. Que o seu coração se aproxime do Coração amoroso Dele para que sejam satisfeitas as suas reais necessidades. Que seus corações se encham da Alegria que é verdadeira e não passageira, e assim possam fazer a experiência da palavra que nos diz: “Eu hei de ver-vos outra vez, e o vosso coração se alegrará e ninguém vos tirará a vossa alegria” (Jo 16,22).

E que a partir desta experiência, possam ser testemunhas e intercessores em favor daqueles que hoje sofrem com a depressão, síndrome do pânico e tantas outras doenças; para que também esses se aproximem de Deus, deixem-se tocar por Ele a fim de que o vazio de seus corações seja preenchido.

Que a Graça de Deus e Sua Alegria possam ser plenas em cada ser humano!

Sagrado Coração de Jesus, eu espero e confio em Vós!


REZEMOS

  Peçamos ao Senhor que nos “ensine o caminho da vida, pois em sua presença há plenitude de alegria e à sua direita delícias eternas” (cf. Sl 16, 11). São “felizes os que temem o Senhor e que em andam em seus caminhos” (cf. Sl 127, 1-2)

Peçamos ainda ao Senhor que “reine em nossa vida, pois é preciso que Ele seja soberano, pois fora Dele não há felicidade” (cf. Sl 16, 2). Como soberano dirija os nossos atos e atitudes, para que cada vez mais nos conformemos com sua vontade. Sejamos santos, verdadeiramente Sua imagem e semelhança.

Tu, Senhor, porção de minha herança e de minha taça, tens na mão a minha sorte. Bendigo o Senhor, que me aconselha; mesmo de noite a consciência me admoesta. Tenho sempre o Senhor na minha presença; com ele à minha direita, não vacilarei. Por isso se alegra meu coração e exulta minha alma; até minha carne descansa serena, porque não abandonarás minha alma ao abismo nem deixarás teu fiel ver o fosso. Tu me ensinarás o caminho da vida; em tua presença há plenitude de alegria, à tua direita delícias eternas” (Sl 16, 6. 8-11).

  Jesus, manso e humilde de coração, fazei o meu coração semelhante ao teu!


Sergio Luiz de Freitas Rodrigues

Fundador e Moderador Geral

Compartilhar

| Imprimir | PDF 

Back to top

Copyright © Comunidade Sião 2020

Template by Joomla Templates & Szablony Joomla.